8ª URE realiza seminário espírita e traz palestrante Marlon Reikdal

A URE, que abrange cidades da região do Planalto Norte, traz o palestrante conhecido internacionalmente

A 8ª União Regional Espírita (8ª URE) traz no sábado, 13, o palestrante Marlon Reikdal, que fará uma palestra com o tema Espiritismo e Prevenção do Suicídio. O evento acontecerá no Cine Ópera, com início às 19h. A entrada é gratuita, (opcional um quilo de alimento não perecível) mas limitada. Para participar da palestra, a 8ª URE irá a partir das 18 horas, distribuir uma senha, já que o local tem a capacidade máxima de 800 pessoas. A 8ª URE abrange as cidades de Itaiópolis, Canoinhas, Irineópolis, Major Vieira, Porto União e Três Barras e é presidida pelo integrante do Lar Espírita União (LEU), Sérgio Milis.

Esse evento também faz parte das comemorações do aniversário de 60 anos do LEU, comemorado na quinta-feira, 11.

O Presidente da URE destaca que além da palestra pública no sábado, 13, Reikdal ainda fará no LEU no domingo, 14, sua exposição doutrinária especial para o dia das mães, na sessão aberta da Casa Espírita com o tema “O Feminino e o Materno no Desenvolvimento do Ser”, com início às 10 horas.

“Conseguimos um horário em sua agenda para trazer essas importantes orientações sobre o assunto que é a prevenção ao suicídio, por meio do nosso irmão Marlon Reikdal. Após a palestra ainda terá um tempo para perguntas, que deverão ser feitas por escrito antes e ele responderá no término da palestra no sábado”, destaca Milis.

O evento organizado pela 8ª URE tem o apoio do LEU e do Centro de Estudos Joanna de Angelis e demais casas espíritas da região.

Outro evento paralelo será realizado na tarde de sábado, apenas para os trabalhadores das casas espíritas da região. Com início às 14 horas, esse seminário com o tema Atendimento Fraterno acontece no LEU.

História do LEU

Segundo Milis um grupo de pessoas sob a liderança do casal, vindo de São Paulo, Acyr e Virgínia Martins de Carvalho, fundaram o Centro Espírita cujo nome escolhido foi “Caridade”, e localizado, inicialmente, no casarão ao lado do atual Lar Espírita União. Era 27 de dezembro de 1948. A frente da Casa, além do casal estava Arí Milis, como secretário, e que, no ano seguinte, foi eleito presidente, e Esbelta Bogut, como bibliotecária. Mais tarde a Casa Espírita Caridade muda-se de local, próximo a prefeitura de Porto União.

Já no dia 11 de maio de 1957, funda-se um novo centro espírita, tendo como presidente Antônio Domit: o Lar Espírita União. O LEU foi criado onde existe até hoje, local cedido por Domit para a instituição.

Ambas Instituições, Centro Espírita Caridade e Lar Espírita União, continuaram, pelos anos seguintes, a levar os ensinamentos espiritistas para toda região, cada uma com sua estrutura organizacional e administrativa, até que no dia 26 de setembro de 1968, quase 20 anos após a fundação da primeira Instituição na cidade, e dez, da segunda, as duas casas se fundiram, ficando com o nome de Lar Espírita União. (Informações retiradas do Texto organizado por Sérgio Roberto Milis)

BOX

Marlon Reikdal é psicólogo, professor e escritor. Formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e pós-graduado em Psicologia Analítica pela Pontifícia Universidade Católica (PUC-PR). Analista junguiano, realiza atendimentos individuais a adultos e supervisão clínica. Professor de pós-graduação em Saúde Mental na Universidade Positivo e Metodologia de Pesquisa Aplicada à Psicologia na UNIPAR. Foi premiado 2 vezes no evento anual de Iniciação Científica da UFPR. Co-autor dos livro “Refletindo a Alma” (2011) e Espelhos da Alma (2014). Autor dos livros “Cultivos das Emoções” (2015) e “Diálogo Fraterno” (2016).